|
Escrito por Câmara Municipal da Amadora
Fernando Relvas | Cerimónias Fúnebres
Fernando Relvas | Cerimónias Fúnebres

O corpo de Fernando Relvas estará em câmara-ardente a partir das 16h00 do dia 23 de novembro (5.ª feira), no edifício dos Paços do Concelho da Câmara Municipal da Amadora.
No dia seguinte (6.ª feira), pelas 11h00, o funeral sairá para o Crematório de Barcarena.

Fernando Carlos Nunes de Melo Relvas, autor de banda desenhada, caricaturista, ilustrador e publicitário português, nasceu a 20 de setembro de 1954, em Lisboa, e faleceu a 21 de novembro de 2017, na Amadora.
Um dos nomes maiores da Banda Desenhada nacional das últimas quatro décadas, e um dos vários autores cuja vida está ligada à cidade da Amadora, onde viveu a partir dos 7 anos.
Considerado por muitos o pioneiro da ficção científica da BD portuguesa, sempre contou boas estórias – desenvolvendo um trabalho intenso, feito com a paixão de poucos e com uma enorme irreverência que lhe eram características.

Um conjunto significativo de pranchas das obras O Espião Acácio, Viagem ao Centro da Terra, Rosa Delta sem Saída, L123, Cevadilha Speed ou Slow Motion integram a coleção de originais da Câmara Municipal da Amadora, localizada na Bedeteca da Amadora.
E, ao longo da última década e meia, foram promovidos alguns eventos dedicadas à sua obra, nomeadamente a exposição realizada no presente ano, na Galeria Municipal Artur Bual, intitulada “Fernando Relvas Retrospetiva/Outra Perspetiva”.
Deixa uma enorme saudade em todos aqueles que povoavam o seu mundo, o universo bedéfilo e, particularmente, com aqueles com quem se cruzou, até hoje, na cidade da Amadora.

A todos os familiares e amigos mais próximos, o Município da Amadora expressa as mais sentidas condolências.

Categoria:

Para podermos satisfazer melhor os nossos ouvintes, este site utiliza cookies. Ao continuar a navegação, o utilizador está a concordar com os mesmos. Ler declaração de privacidade